O meu pai tem esta doença má e injusta. A minha mãe foi a sua cuidadora, durante alguns anos! Desde junho de 2012 ele está num lar, porque a minha mãe já não conseguia cuidar dele. A ideia do Blogue é para buscar apoios, ajudas, partilhas, informação.

Domingo , 23 de Setembro DE 2012

Momento de lucidez

Ontem quando cheguei ao Lar ele estava a fazer uma sexta e quando a Sra do Lar o chamou, ele olhou para mim de olhos bem abertos e disse-me:

- Não lhe consegues bater!? Chega-lhe! Chega-lhe!

Certamente estava a sonhar, e mandou-me bater à senhora, tive de me rir!

Achei-o animado. Se não fosse a falta de audição conseguia falar mais com ele. Reconheceu como sempre o neto, mas a mim não tenho a certeza se me reconheceu, apenas disse que eu era a mãe do menino. Depois a Sra perguntou-lhe o nome e ele disse o nome dele completo e ainda disse: " mas quem é que está a procurar o meu nome?" a senhora perguntou-lhe onde é que ele morava e ele disse a morada dele completa. Fiquei impressionada com aquele momento de lucidez, pois já há muito tempo que não o via assim. Só na idade ele respondeu erradamente, tadinho!

Depois até se despediu de mim com beijinhos. E disse: " saudades à ..."  e disse o meu nome. Fiquei sem perceber se ele estava a mandar saudades para mim por alguém e se não percebeu que era mesmo eu que lá estava.

Mas enfim pareceu-me estar melhorzinho!

publicado por alzheimerdepapie às 15:00
Segunda-feira , 12 de Março DE 2012

Impressionante

Um destes dias, no Centro de dia, foi lá um senhor, que o meu pai já não via há muito tempo. Quando este senhor, avistou o meu e se ia dirigir a ele, as funcionárias disseram-lhe da doença dele e que ele não o ia reconhecer.  Quando este senhor, perguntou ao meu pai se ele sabia quem este era, o meu pai respondeu: " Sei quem tu és pois, conheço-te desde que tu eras pequeno...és..." o meu pai disse o nome deste senhor, a alcunha e a terra onde este pertencia. Impressionante, estes raros momentos de lucidez do meu pai.

publicado por alzheimerdepapie às 19:53
Segunda-feira , 03 de Outubro DE 2011

Por vezes

Parece que por vezes ele tem momentos de grande lucidez. Não é que o meu pai advertiu a minha mãe para ela ir ao médico, por causa de um (entre tantos) problemas de saúde que ela tem.

tags:
publicado por alzheimerdepapie às 07:57
Segunda-feira , 21 de Março DE 2011

Conversa sobre politica

Os meus velhotes são pessoas da aldeia e do campo, mas a minha mãe sabe o estado em que o país está. O meu pai, penso que já algum tempo que este assunto lhe passa ao lado! Eles estavam a ver as notícias na TV e a minha mãe diz:

- Se calhar este governo vai cair!

- E depois vai para lá outro ainda pior, que isto pra melhor nunca muda! Quem eu gostava que fosse para lá era o Manel Alegre. - respondeu o meu pai.

Fiquei surpeendida porque ele não foi buscar ninguém do passado, como é de costume. Até acredito que ele nem saiba quem é o primeiro-ministro. Eu acho que este tempo de sol lhe faz bem. Eu sei que ele não vai melhorar, mas estes momentos de lucidez dão-me esperança!

 

publicado por alzheimerdepapie às 22:13
21 de Setembro → Dia Mundial da Doença de Alzheimer alzheimerPortugal

mais sobre mim

separador separador Reportagem TVI – “Ás vezes sou eu” separador separador alzheimerdoente separador separador A FRASE DO ANO 2010, PROFERIDA PELO PRÉMIO NOBEL DA MEDICINA, O ONCOLOGISTA BRASILEIRO DRAUZIO VARELLA : "No mundo actual, investe-se cinco vezes mais em medicamentos para a virilidade masculina e silicones para as mulheres do que na cura do Alzheimer. Daqui a alguns anos, teremos velhas de mamas grandes e velhos com pénis duro, mas nenhum se recordará para que servem".

Julho 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

links

arquivos

tags

favoritos

mais comentados

pesquisar

 

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro