O meu pai tem esta doença má e injusta. A minha mãe foi a sua cuidadora, durante alguns anos! Desde junho de 2012 ele está num lar, porque a minha mãe já não conseguia cuidar dele. A ideia do Blogue é para buscar apoios, ajudas, partilhas, informação.

Quarta-feira , 16 de Março DE 2011

Só te dou esta baunilha se tomares o comprimido

Os meus velhotes lá vão na luta do costume. A minha mãe anda mais tranquila ou conformada. O dilema dos comprimidos continua. É sempre uma complicação para o meu pai os tomar. Dia após dia a minha mãe lá vai tendo ideias. A ultima é uma baunilha numa mão e um comprimido na outra, e diz:" Só te dou a baunilha se tomares o comprimido"! Hoje resultou muito bem, já que o meu pai gosta muito daquele doce!

publicado por alzheimerdepapie às 21:10
Domingo , 27 de Fevereiro DE 2011

Os comprimidos e os bailes!

De vez em quando lá no Centro de Dia, os funcionários fazem eventos para animar os utentes. O meu pai, sempre gostou muito de bailes, mas as pernas já não o ajudam. Há dias, ele não queria tomar o comprimido que o ajuda a dormir melhor à noite, e a minha mãe disse-lhe que aquele comprimido era para lhe dar força nas pernas para poder bailar. Nesse momento ele entusiasmou-se e tomou o comprimido muito bem. A minha mãe usou este sistema algumas vezes e resultou. Mas infelizmente já não resulta! Ele chega a beber dois copos de água e o comprimido fica sempre na boca. É uma faceta, que eu por exemplo se quisesse, não a conseguia fazer!

Felizmente os selos que a minha mãe lhe cola nas costas de 24 em 24 horas, ele não  tem como os  rejeitar! 

 

publicado por alzheimerdepapie às 16:24
Terça-feira , 28 de Dezembro DE 2010

Não há maneira de o fazer tomar os comprimdos

As coisas não estão fáceis para os meus velhotes. Desde que o meu pai caiu da cama, que ele se queixa com dores. Já foi duas vezes ás urgências, onde na ultima fez um RX e segundo o médico não tem nada partido. Tem uns comprimidos para tomar, mas a minha mãe não consegue que ele os tome, pois ele recusa-se a tomá-los!Ela já tentou de várias maneiras, mas é muito complicado. Não adiante explicar que os comprimidos são para ele ficar melhor , ele não entende. Com estas dores, esta semana não tem ido ao Centro de Dia, pois não consegue fazer viagens sem se queixar das dores. A minha mãe é que tem estado sempre a cuidar dele. O tempo também não ajuda. Está muito frio, e ele quer ir à rua, quer ver a horta...e não convém nada sair de casa com este tempo...

Haverá algum apoio para estes casos? Qualquer coisa, como apoio ao domicilio? Eu acredito que com a mudança da estação as coisas melhorem um pouco, mas agora está mesmo difícil...

publicado por alzheimerdepapie às 21:28
21 de Setembro → Dia Mundial da Doença de Alzheimer alzheimerPortugal

mais sobre mim

separador separador Reportagem TVI – “Ás vezes sou eu” separador separador alzheimerdoente separador separador A FRASE DO ANO 2010, PROFERIDA PELO PRÉMIO NOBEL DA MEDICINA, O ONCOLOGISTA BRASILEIRO DRAUZIO VARELLA : "No mundo actual, investe-se cinco vezes mais em medicamentos para a virilidade masculina e silicones para as mulheres do que na cura do Alzheimer. Daqui a alguns anos, teremos velhas de mamas grandes e velhos com pénis duro, mas nenhum se recordará para que servem".

Julho 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

links

arquivos

tags

favoritos

mais comentados

pesquisar

 

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro