O meu pai tem esta doença má e injusta. A minha mãe foi a sua cuidadora, durante alguns anos! Desde junho de 2012 ele está num lar, porque a minha mãe já não conseguia cuidar dele. A ideia do Blogue é para buscar apoios, ajudas, partilhas, informação.

Quinta-feira , 04 de Agosto DE 2011

Quando ele ainda era ele

O meu pai sempre viveu numa aldeia e pouco entrou em meios urbanos. Quando ele conheceu a minha casa - um apartamento - o comentário que fez foi : " É quase preciso tirar um curso para saber morar aqui!"

Hoje lembrei-me deste episódio, não sei porquê!

publicado por alzheimerdepapie às 13:03
Segunda-feira , 13 de Junho DE 2011

Tem falado muito do pai dele

Há cerca de dois dias que o meu pai só fala no pai dele, meu avô, que eu mal conheci. A lembrança que tenho dele é de o ver deitado doente numa cama e de eu lá lhe ir dar rebuçados de mel.

Hoje estava ao telefone com a minha mãe e ouvia o meu pai a falar. Ele falava sozinho ou para que a minha mãe o ouvisse. A minha mãe ficou em silêncio e eu ouvia o meu pai a dizer: "Eu tinha cinco anos e ele deu-me uma tareia tão grande, tão grande!" Ele contava tudo com alguns pormenores. Eu nem sabia que o meu avô tinha sido um homem tão rude, tão mau! O meu avô punha o meu pai, na altura com 5 anos a guardar gado. Que infância ele terá tido? Não deve ter chegado a ser criança de verdade. Se com a idade do meu filho, que eu tanto mimo e protejo, ele já tinha de trabalhar e já apanhava sovas, ele não teve infância. E para ele se lembrar disto, é porque o deve ter marcado muito!

Depois de ele contar isto contou que quando  já era homem e ainda solteiro , tinha seis contos de reis e o pai dele tirou-lhos para comprar gado e nunca lhe devolveu o dinheiro. A minha mãe disse que ultimamente está sempre a lembrar-se disto. Aliás, ás vezes, para ele se aclamar, a minha mãe diz que ele lhe pagou, mas o meu pai responde sempre"não pagou nada!"

Ainda ouvi o meu pai dizer que não houve nome que ele não lhe tivesse chamado e depois disse alguns nomes, e bens feios!

Eu fiquei tão triste, eu sabia que ele tinha trabalhado muito e vivido tempos difíceis, mas não sabia que tinha tido um pai tão mau! Um pai que era assim para todos os filhos!

Felizmente o meu pai não herdou do pai dele o feitio ruim!

publicado por alzheimerdepapie às 23:19
21 de Setembro → Dia Mundial da Doença de Alzheimer alzheimerPortugal

mais sobre mim

separador separador Reportagem TVI – “Ás vezes sou eu” separador separador alzheimerdoente separador separador A FRASE DO ANO 2010, PROFERIDA PELO PRÉMIO NOBEL DA MEDICINA, O ONCOLOGISTA BRASILEIRO DRAUZIO VARELLA : "No mundo actual, investe-se cinco vezes mais em medicamentos para a virilidade masculina e silicones para as mulheres do que na cura do Alzheimer. Daqui a alguns anos, teremos velhas de mamas grandes e velhos com pénis duro, mas nenhum se recordará para que servem".

Julho 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

links

arquivos

tags

favoritos

mais comentados

pesquisar

 

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro